SINPRO-RO lamenta fim das atividades de faculdade em Porto Velho

O Sindicato dos Professores de Instituições de Ensino Superior Privadas do Estado de Rondônia (SINPRO-RO) lamenta e se solidariza com colaboradores e alunos da Faculdade de Rondônia (Faro) que nesta semana anunciou o fim das atividades acadêmicas e pedagógicas após mais de três décadas de funcionamento em Porto Velho.

O SINPRO-RO, sendo um sindicato que representa os trabalhadores, sempre entendeu, trabalhou  e trabalha para que o respeito aos trabalhadores se encaixe dentro do modelo econômico de cada Instituição de Ensino Particular de Rondônia.

A notícia a respeito da Faro é lamentável e o SINPRO-RO vai acompanhar a situação para que os direitos trabalhistas sejam respeitados, umas das marcas da atual gestão.

O que acontecerá com os alunos?

O sindicato patronal informou ao SINPRO-RO que há um  convênios com duas instituições da capital para facilitar a transferência dos alunos. As faculdades conveniadas oferecem os mesmos cursos, de acordo com as informações repassadas. Para a imprensa local, a Faro informou que as bolsas serão mantidas em que os alunos também terão 100% de aproveitamento dos conteúdos já cursados e vão concluir o curso no mesmo tempo previsto que iriam concluir na Faro.






 
|
| Imprimir